Otorrino Já

CHEGA de espera! Marque sua consulta de imediato em poucos cliques. Baixe o App e encontre o médico mais perto de você.

Otorrino Já - IOS Otorrino Já - Android
Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Notícias

Urgências e pronto-atendimentos em otorrinolaringologia

""Os serviços privados de urgência e pronto-atendimentos em otorrinolaringologia oferecidos por hospitais e clínicas são mais comuns na cidade de Fortaleza que em outras capitais brasileiras. Isto tem facilitado o acesso da população à especialidade, porém há ressalvas quanto a este tipo de assistência que merecem destaque.

Há em Fortaleza cerca de 150 otorrinos para uma população de 2.500.000 pessoas, uma média de um profissional para cada 16.666 habitantes. Na região Nordeste a média é de 1:56.600 e no Brasil, 1:26.800. (Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, Projeto Epidemiológico 2012). Ou seja, temos uma boa quantidade de profissionais e a idéia de que os consultórios estão sempre cheios, frequente em outras especialidades médicas, não corresponde à realidade, havendo apenas uma má distribuição destes especialistas.

O acompanhamento otorrinolaringológico em consultório deve ser prioridade para os pacientes. Depois do atendimento em Pronto-Socorro, o ideal é que o paciente seja acompanhado para dar seguimento ao tratamento.

Os Pronto-Atendimentos e urgências apresentam uma resolução rápida para os sintomas, para as crises de instalação rápida. Se o paciente apresenta um quadro alérgico por exemplo, é no consultório do otorrino que se fará o acompanhamento e a prevenção de novas crises. Estabilizado o quadro, a consulta poderá ser semestral ou até mesmo anual.

A consulta rápida nesses referidos serviços impede uma análise completa do paciente e tem essa peculiaridade pelo grande número de pessoas a serem atendidas, todas com alguma necessidade de atendimento imediato. Na quadra chuvosa aumentam os casos e muitos se aglomeram em Pronto-Socorros, quando o problema poderia ser resolvido em consultório por um médico que já conhece o paciente e seus antecedentes.

Óbvio que é importante levar em consideração a preocupação de pacientes e respectivas famílias diante de alguns sintomas mais eminentes, mas é salutar usar o bom senso : quando vão a grandes serviços de rápido atendimento, ficam mais expostos ao contágio de doenças de outros pacientes. Além disso, o uso destes importantes serviços por pacientes sem urgência real e que poderiam estar marcando uma consulta, costuma causar super-lotação dos mesmos, dificultando o acesso daqueles que realmente necessitam de atendimento imediato.

Estes são os indicativos de necessidade de visita a Urgências e Pronto-Atendimentos em Otorrinolaringologia:

1- Febres muito altas ou dores que não cedem a medidas comuns;
2- Sangramentos oronasais, sejam espontâneos, traumáticos ou pós-Cirúrgicos;
3- Corpos estranhos em nariz e ouvido (tais como insetos, sementes, pequenos brinquedos) ou garganta (como espinhas de peixe);
4- Paralisias faciais periféricas;
5- Surdez súbita.

Os demais casos se possível devem ser atendidos em consultórios com o seu médico.

Tenha o seu otorrinolaringologista de confiança!

 

...........................................................

Notícias

Saiba como identificar a Otite média

Comum em crianças, a enfermidade é corriqueira e pode se agravar caso não ocorra o tratamento Não deve ser uma novidade pra você a palavra Otite. É uma enfermidade bem comum e que atinge muitas pessoas, sobretudo as crianças. Todo tipo de inflamação no ouvido se denomina Otite e ela se divide em tr

Obstrução nasal e congestionantes: como evitar esse problema?

Adquiridos sem prescrição médica, o medicamento costuma provocar taquicardias, podendo gerar arritmias e predisposição à desenvolver hipertensão  A congestão nasal é um problema que afeta milhões de pessoas independentemente da região e do clima. O incômodo pode ser tão forte que chega a im

Coorlece alerta sobre os riscos da H1N1

 Doença preocupa a população e provoca mortes no Ceará Médicos da Cooperativa de Otorrinolaringologistas do Estado do Ceará (Coorlece) alertam seus pacientes sobre os riscos do H1N1, vírus que já vitimou milhares de pessoas no Brasil em 2016 e 2009, principalmente. A proliferação se dá pelo cont

Otorrino Já

CHEGA de espera! Marque sua consulta de imediato em poucos cliques. Baixe o App e encontre o médico mais perto de você.

Otorrino Já - IOS Otorrino Já - Android