Otorrino Já

CHEGA de espera! Marque sua consulta de imediato em poucos cliques. Baixe o App e encontre o médico mais perto de você.

Otorrino Já - IOS Otorrino Já - Android
Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Notícias

Rinite e Sinusite: semelhanças e diferenças

Poucas pessoas entendem o que difere as duas doenças, apesar de já serem tratadas como uma só 

A rinite e a sinusite são as doenças alérgicas do sistema otorrinolaringológico que mais afetam brasileiros e que possuem semelhanças quanto a seus sintomas e atuações no corpo. Segundo dados da Cooperativa dos Otorrinos do Ceará (Coorlece), somente no Ceará, cerca de 40% dos atendimentos realizados por otorrinos envolvem quadros alérgicos e crises de garganta, principalmente a rinite.


Conforme o otorrino e presidente da Coorlece, João Paulo Bastos, no segundo semestre de cada ano os quadros ficam ainda mais frequentes por conta dos fortes ventos e do clima seco serem características da época do ano. Outro fator preponderante para o grande número de pessoas que possuem estas doenças são as heranças genéticas. Uma mãe com rinite aumenta em 45% a 50% a incidência nos filhos, o pai, de 35% a 40%.


Raramente a sinusite ocorre sem a rinite, que se caracteriza pelo acometimento da mucosa nasal. Atualmente, as disfunções vêm sendo tratadas entre os otorrinos como uma só: a rinossinusite. “Contudo, essa nomenclatura ainda não é 100% difundida entre os médicos, devido ao fato da rinite não ocasionar, necessariamente, uma sinusite”, diz o especialista.


Diferenças


Apesar das similaridades, as duas doenças possuem sim diferenças. “A rinite é uma inflamação da mucosa do nariz, não se espalhando para outras partes do rosto; é alérgica pode levar a complicações como otites, sinusites, roncos, respiração bucal e alterações na posição dos dentes, além de piorar as crises de asma”, explica o Dr. João Paulo.


Já a sinusite ou rinossinusite é uma inflamação da mucosa que reveste os seios da face, ou maçã do rosto, (também chamados de cavidades paranasais) cavidades no interior dos ossos do rosto. “É a causadora mais comum de dores faciais, cefaleias frontais, que são dores mais localizadas na testa, e dores no ouvido”, finaliza.


Inspira! Comunicação e Marketing
Assessoria de imprensa da Coorlece
Jornalistas: Ana Lídia Coutinho (85) 98855.9844 | analidia@agenciainspira.com
Mônika Vieira (85) 98779.2007 | monika@agenciainspira.com

Notícias

Obstrução nasal e congestionantes: como evitar esse problema?

Adquiridos sem prescrição médica, o medicamento costuma provocar taquicardias, podendo gerar arritmias e predisposição à desenvolver hipertensão  A congestão nasal é um problema que afeta milhões de pessoas independentemente da região e do clima. O incômodo pode ser tão forte que chega a im

Coorlece alerta sobre os riscos da H1N1

 Doença preocupa a população e provoca mortes no Ceará Médicos da Cooperativa de Otorrinolaringologistas do Estado do Ceará (Coorlece) alertam seus pacientes sobre os riscos do H1N1, vírus que já vitimou milhares de pessoas no Brasil em 2016 e 2009, principalmente. A proliferação se dá pelo cont

Diabetes e perda auditiva: qual a relação?

A diabetes é uma doença caracterizada pelo alto nível de glicose no sangue de um indivíduo. Afetando milhões de brasileiros atualmente, merece a devida atenção. Quando não adequadamente controlada, a diabetes é capaz de atingir determinadas células do corpo e comprometer órgãos fundamentais.   

Otorrino Já

CHEGA de espera! Marque sua consulta de imediato em poucos cliques. Baixe o App e encontre o médico mais perto de você.

Otorrino Já - IOS Otorrino Já - Android