Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Notícias

Faringoamigdalites

As faringites/amigdalites são processos inflamatórios da mucosa da faringe ou das amígdalas. Em 75% dos casos é um processo infeccioso viral (virose) e em 20-40% dos casos é causado por bactérias. Outro tipo de Amigdalite que pode ser encontrada é a "amigdalite caseosa". A amigdalite caseosa é aquela onde há restos alimentares retidos na amígdala, que formam pequenas bolinhas brancas com cheiro ruim, denominadas "caseum".

Sintomas

Nos casos virais o paciente apresenta dor de garganta, febre baixa e dificuldade para engolir, além de sintomas compatíveis com gripe/resfriado, já nos casos de infecção causada por bactérias, os sintomas são mais intensos: febre alta, dor de garganta mais forte, mal-estar geral, adnamia.

Tratamento

Nas doenças virais o tratamento é feito com antitérmicos, analgésicos e anti-inflamatórios, além de muita hidratação. Quando há infecção bacteriana associa-se antibióticos. Na amigdalite caseosa é orientado gargarejos para evitar o acúmulo de resíduos nas amígdalas. O tratamento cirúrgico pode ser indicado para alguns casos de amigdalites bacterianas de repetição, crises com formação de abscesso na garganta e amigdalites caseosas que não melhoram com as medidas preventivas.

Notícias

Quais os principais tratamentos da labirintite?

Uma coisa que muita gente não sabe é que a labirintite pode desaparecer sozinha. Em algumas semanas, ela some por completo. Contudo, quando necessário, o tratamento visa principalmente a redução dos sintomas. Se a causa for infecção bacteriana, o médico lhe receitará um antibiótico e os si

O que é labirintite?

A labirintite é um termo comumente usado para designar uma afecção que pode comprometer tanto o equilíbrio quanto a audição. A condição afeta o labirinto, estrutura da orelha interna constituída pela cóclea (responsável pela audição) e o vestíbulo (responsável pelo equilíbrio). O uso

Sinusite em crianças

  Caracterizada como a infecção causada por bactérias na região dos seios paranasais, ou seja, cavidades revestidas por mucosas localizadas dentro do crânio, próximos ao nariz. Pode aparecer em vários pontos da face da criança: na testa (frontal), nas maçãs do rosto (maxilar), entre os o